Ocupação Galo

Ocupação Galo

Esta foi a primeira experiência que a galeria realizou no sentido de oferecer a própria estrutura do espaço como suporte para uma obra site especific. Sem um projeto determinado em mente, Galo visitou pela primeira vez o IPN uma semana antes da inauguração desta exposição, e ficou profundamente sensibilizado com o que viu.

A partir desta percepção inicial, ele desenvolveu uma obra mural diretamente nas paredes da galeria, na qual destaca-se uma cena principal do cortejo em que alguns de seus personagens (os peixes carnívoros e os guardiões) carregam o “Esqueletorei”. Na visão do artista, é a morte e o sofrimento que alcançam um lugar de remissão, como se cada um de nós – que pisamos no solo sagrado do Cemitério dos Pretos Novos – assumíssemos a profunda vergonha e arrependimento por este episódio da história do Brasil.

This was the first experience that the gallery put into practice when it comes to offering the very structure of the space as a support for a site especific work. Without a specific project in mind, Galo first visited the IPN a week before the opening of this exhibition, and was deeply touched by what he saw. From this initial perception, he developed a mural work directly on the walls of the gallery, in which a main scene of the procession stands out – one in which some of his characters (carnivorous fish and guardians) carry the “ Skeleton King “. In the artist’s view, it is death and suffering that reach a place of remission, as if each of us – who step on the sacred ground of the Pretos Novos Cemetery – incorporated deep shame and regret for this episode of Brazilian history.

artista | artist

  • Galo

curadoria | curatorship

  • Marco Antonio Teobaldo

fotografias| photography

  • Alex Ferro

projeto gráfico | graphic design

  • Adriane Amato

coordenação geral | general coordination

  • Merced Guimarães dos Anjos
08 de abril a 23 de maio de 2015
April 8th to May 23th 2015