Percursos e performances da autoria feminina na literatura negra brasileira.

Proposta: a oficina propõe traçar um panorama da autoria negra feminina na literatura brasileira, dando visibilidade a algumas novas prosas e poesias negras de autoria feminina em circulação no século XXI. Com Maria Firmina dos Reis (século XIX) conheceremos o início da literatura brasileira produzida por mulheres negras. Na segunda metade do século XX, publicações coletivas dão visibilidade a várias autoras negras, cujos escritos conquistaram leitores, exerceram a representatividade e influenciaram novas autorias de mulheres negras. O material produzido por algumas dessas jovens autoras e inserido em publicações coletivas, individuais, virtuais e na oralidade dos slams configura um painel das propostas literárias adotadas por criadoras negras para alvejar o silenciamento de subjetividades com prosas e poesias que garantem “o ato de falar” da mulher negra em meio a uma literatura nacional oriunda da cultura sexista e racista apontada por Lélia Gonzalez.

Data e Horário:

Teremos somente uma aula no dia 28 de Setembro.

Comerçará as 15 horas e vai até as 18 horas.

Local:

CDURP – RUA SACADURA CABRAL, 133 – ZONA PORTUÁRIA – RJ (AUDITÓRIO OU SALA)

inscreva-se

Leave a Comment